segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019


Dicas de salão de beleza
8. P´s do serviço

Dentro do contexto de serviços, existem mais 4 P´s que diferem dos produtos físicos. Vamos entendê-los.
Ø  Pessoas: profissionais, às vezes, outros clientes envolvidos na produção de serviço. Muitos serviços dependem de interação direta e pessoal entre os clientes e os funcionários (como em restaurantes, hotéis, salão de beleza, etc.). A natureza dessas interações influência muito as percepções da qualidade do serviço pelo cliente. Os clientes geralmente julgarão a qualidade do serviço que recebem em grande parte pela avaliação das pessoas que estão fornecendo o serviço. Acontece normalmente no momento da compra, por exemplo o cabeleireiro necessita da presença do cliente para realizar seu serviço; assim como a manicure, a esteticista e maquiador.

Ø              Produtividade: o grau de eficácia com que a matéria prima e os equipamentos são transformados pelos funcionários e que adicionam valor para os clientes. Vamos pensar no dia-a-dia do salão, quantos clientes são atendidos até o final do expediente? Como foram atendidos? Temos que pensar na lucratividade e qualidade do atendimento. Será melhor atender 30 clientes e não ficaram tão satisfeitos pelo corre-corre ou 20 e que todos ficaram satisfeitos? Pense como trabalhar a produtividade do seu negócio.

Ø              Processo: um método particular de operações ou série de ações, normalmente envolvendo passos que precisam ser dados em uma sequência definida. O processo descreve o método e a sequência dos sistemas operacionais de serviços.
Pense nas etapas dentro do salão.
Exemplo:
1.      O cliente ligou e agendou um horário no salão
2.      O cliente chega e é recebido pela recepcionista, onde oferece uma água ou café e espera sua vez.
3.      O cliente é encaminhado até o profissional; este o cumprimenta.
4.      O profissional analisa o serviço que será realizado sendo a primeira vez analisa a situação do cabelo.
5.      Inicia o procedimento, com a lavagem do cabelo, corte e secagem.
6.      A cliente paga pelo serviço e sai.
             Esses passos de forma muito simples demonstram como se dá o processo dentro do salão. Desde a chegada até a saída do cliente. Assim que devemos pensar o processo inicia-se pela recepção do estabelecimento. Muitas vezes, o cabeleireiro é excelente, porém o atendimento deixa a desejar. Pense nisso com muito carinho.
Por último temos a evidência física, considerada um P também porque em inglês physical evidence.

Ø              Evidência física: pistas visuais ou outras pistas tangíveis que fornecem evidência da qualidade do serviço. A aparência de edifícios, jardins, veículos, mobília interior, equipamentos, membros do quadro pessoal, placas, material impresso e outras indicações visíveis fornecem evidência tangível da qualidade do serviço de uma organização. As empresas de serviço precisam administrar cuidadosamente a evidência física porque esta pode exercer um impacto profundo sobre as impressões dos clientes.
Os clientes não obtêm propriedade física do serviço realizado, ele recebe do salão de beleza como disse anteriormente a beleza, bem-estar, autoestima, enfim algo intangível.
No caso do segmento da beleza, os clientes são envolvidos diretamente no processo de produção do salão; sem a existência física do cliente, não há serviço realizado.
As empresas de serviço precisam entender as implicações dos componentes da administração de serviços para o desenvolvimento de estratégias eficazes. Aquelas que não conseguirem compreender essas implicações tenderão a ser deslocadas por concorrentes mais aptos a responder às mudanças radicais que afetam a economia de serviços. Desta forma, os gestores de salão devem treinar seus funcionários dentro desse contexto, ou seja, o salão entrega benefícios para seus clientes. Bem-estar, auto estima, saúde, beleza e tudo isso  se tornam o diferencial do salão. O cliente deve sair do salão feliz e encantado com tudo. É muito difícil de avaliar algo intangível, algo que você não está sentido no aspecto físico, por isso esse segmento da beleza mexe com o lado psicológico dele. Como se o intangível se tornasse tangível na visão do cliente.
Daí a importância de os profissionais dentro do salão estarem atualizados com tudo que acontece neste setor. Acompanhar tendências por meio das feiras de beleza as mídias sociais, participar de congresso da área, treinamento constantes, analisar lançamentos de novos produtos; diria que parece árduo, porém prazeroso trabalho de campo, para aqueles que desejam se destacar no mercado.
Por exemplo, tenha opções de marcas e cores de esmaltes, que é tentação da maioria das mulheres; acompanhe as novelas as cores da estação, mostre que está antenada com o movimento da moda e estação.
Outra coisa importante, explique para seu cliente, porque está utilizando a marca escolhida, demonstre o passo a passo da realização do procedimento que está sendo realizado, faz toda a diferença quanto a credibilidade e confiança no profissional e também no estabelecimento.
Existe um ditado popular muito utilizado “a primeira impressão é a que fica”. Desta forma torna-se muito difícil reconquistar um cliente quando este saiu decepcionado de um espaço de beleza. Sem levar em consideração o número de concorrentes existentes neste mercado.
O cliente se sente mais seguro quando percebe que o profissional que o atende está atualizado com as tendências, que retornou de um congresso de beleza, isso faz muita diferença em relação a expectativa do cliente. Silvia Zanata

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019


A criação de valor para o cliente

A função do marketing, mais do que qualquer outra nos negócios, é a de lidar com os clientes. Entender, criar, comunicar e proporcionar ao cliente valor e satisfação constitui a essência do pensamento e da prática do marketing moderno. Seus dois principais objetivos são: atrair novos clientes, promovendo-lhes valor superior, e manter os clientes atuais, proporcionando-lhes satisfação. Um bom atendimento ao cliente também é uma ação de marketing que reforça a imagem da empresa e passa a mensagem de que a empresa se preocupa com a satisfação dele, constituindo-se em um fator a mais para o sucesso da marca.
Dos anos 90 as empresas normalmente utilizam o marketing “igual “ para todos; considerado como marketing de massa. Nos tempos atuais, o marketing modificou tornando-se com um foco mais personalizado; ou seja, atender conforme as necessidades específicas de cada nicho (público).
O valor está no resultado entre o que o cliente recebe (benefício) e o que o produto oferece (custo), isto é:
­­­  
Benefício => benefícios funcionais + benefícios emocionais.
Valor    Custo =>  custo de aquisição + custo de busca + custo de deslocamento.
Por exemplo, marca Natura não vende simplesmente cosméticos e sim Bem Estar Bem, ou seja esteja bem com você, qualidade de vida, etc. Apple entrega solução para seu cliente e assim por diante. Devemos pensar em quais benefícios entregamos para nossos clientes em relação aos produtos que oferecemos.
Você já pensou que benefícios está entregando para seu cliente? Em seu salão de beleza, clínica de estética? Pense nisso!!
Silvia Zanata


segunda-feira, 7 de janeiro de 2019


Visual Merchandising

O visual merchandising consiste em um conjunto de ações estratégias que visam colaborar com o faturamento da empresa e ao mesmo tempo provocam impacto visual no cliente.
Ferramenta estratégica que busca diferencial perante os concorrentes.
Os espaços de beleza podem utilizar desta técnica por meio da recepção por exemplo como ponto de venda dos produtos que são utilizados pelos profissionais. Por exemplo o cabeleireiro indicando um xampu para o cabelo do cliente; a esteticista recomendando um creme para a pele, enfim isso contribui para o faturamento do negócio.
Se o espaço de beleza oferece algum espaço, exponha os produtos como vitrine aos olhos dos clientes. Como uma sala de espera, os clientes podem observar e apreciar dos produtos expostos. Tudo muito organizado e arrumado, para que os clientes identifiquem os produtos e marcas.
Outra coisa, é a realização de mini cursos, muitos salões estão aproveitando seu tempo e espaço ociosos com a realização de mini cursos de beleza. Curso de maquiagem, cuidados com a pele, cabelo, micropigmentação ou seja, são cursos de uma tarde ou manhã com 5 ou 6 clientes que alavanca o faturamento do salão. Estratégia de lançamento de produtos, por meio de algum fornecedor, apresentar uma linha home care, por exemplo, para o cliente se cuidar em casa, também chama atenção.
Enfim são dicas para aproveitar seu espaço e tempo em um momento de crise, transformar em oportunidades para o seu negócio.
Silvia Zanata

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Redes Sociais

As redes sociais se tornaram uma ferramenta de comunicação indispensável para qualquer empresa e isto envolve grandes vantagens e benefícios.
A internet tem crescido muito na última década, ultrapassando meios tradicionais como a rádio, televisão, jornais, e isso implica que as ações de comunicação de um espaço de beleza devem avançar nessa direção.
O uso das redes sociais é fundamental para um bom plano de marketing digital e este expressa em novos clientes e no aumento do faturamento do seu negócio.
São canais de comunicação que permitem uma grande promoção e são excelentes ferramentas para promover todos os produtos da marca, divulgar o propósito e missão do local, oferecer serviços, dentre outros. 
Alguns espaços de beleza promovem “programa de indicação”, quando uma cliente indica uma amiga para comprar um serviço, ela ganha uma hidratação ou algum outro serviço. E pelas redes sociais as clientes exibem seus cabelos, unhas, procedimentos estéticos e divulgam o espaço para outras pessoas.
Outra estratégia muito utilizada é quando a cliente faz uma selfie do seu cabelo ou penteado e disponibiliza na sua rede, aqueles que conseguirem maior número de curtidas ganha um produto ou um serviço oferecido pelo salão.
Seja criativo com as redes sociais!!

Silvia Zanata









O setor de serviços é o que mais cresce no mundo atualmente. 
O setor terciário da economia é a área de atuação das atividades humanas pautada no oferecimento de serviços e na prática do comércio. Por definição, esse segmento é tido como aquele que produz os chamados bens “intangíveis”,(não é palpável) bem como o destino final dos bens produzidos pelos setores primário e secundário (o comércio).
Como exemplos de serviços intangíveis oferecidos no contexto da sociedade, podemos citar: a atividade bancária, as administrações públicas e privadas, o trabalho dos professores e dos advogados, o atendimento em salões de beleza e clínicas de estéticas,  inúmeros outros exemplos.
Não são apenas os produtos que contam na hora da compra. A experiência também; desta forma os espaços de beleza devem a todo momento prestar atenção na forma de como estão atendendo aos seus clientes. Afinal o cliente, ao entrar em um espaço de beleza, espera encontrar ai tudo que vá satisfazer seus desejos. Em resposta, os profissionais deste segmento devem estar preparados para "entregar" aos clientes: Saúde, Beleza, Auto Estima, Bem-estar; ou seja algo intangível , porém que se tornam tangíveis aos olhos do cliente!!!
Quando essa se torna uma das prioridades do profissional da beleza, certamente, ele irá conseguir conquistar cada vez mais os seus clientes e, de uma forma automática, irá aumentar seu faturamento!!! Pense nisso!!!..
Silvia Zanata

segunda-feira, 12 de novembro de 2018


Criatividade e inovação no seu trabalho!!!
A Criatividade e a Inovação traduzem-se na exploração bem-sucedida de novas ideias, para sustentar a competitividade e a geração de riquezas seja em organização ou país. A Inovação requer um bom gerenciamento de recursos apropriados, e, acima de tudo, um clima organizacional e preparo de equipe que possibilite criar vantagens perante o mercado. Se aproprie de algumas dicas para oferecer algo mais em seu espaço de beleza, por meio do serviço oferecido, atendimento, experiências positivas com os clientes, enfim seja criativo e inovador neste setor.

Algumas dicas...
Leia bons textos do segmento da beleza
Tenha contato com mídias diferentes;
Valorize o movimento;
Planeje seu lugar de trabalho;
Tenha uma visão de mudança;
Pense como uma pessoa que corre risco;
Crie um esquema dinâmico para gerar novas ideias;
Proponha novas formas de trabalho;
Seja proativo;
Vá ao shopping center com olhar de observação;
Observe as pessoas;
Leia bons livros;
Faça pesquisas pela internet.
Seja explorador
Por meio do conhecimento terá novas ideias
Artista
Pense positivo em novos projetos
Fazer as coisas acontecerem
Acima de tudo seja apaixonado pelo que faz!!!
Silvia Zanata

segunda-feira, 22 de outubro de 2018


Empreendedorismo Inovador!!!
Diante de um mercado cada vez mais competitivo, é preciso criar estratégias para diferenciar-se e atingir uma posição de vantagem em relação aos concorrentes.
Empreendedorismo inovador     transformação do negócio e pelo engajamento de todos os envolvidos, que devem possuir objetivos claros, ousadia e vontade de realizar mudanças. Está atrelado a Ética do profissional, Foco no cliente e Comprometimento.
Ética. Respeitar a política e os valores estabelecidos para o empreendimento, além dos princípios que regem o segmento da Estética e Cosmética.
Foco no Cliente. Entender as necessidades e desejos dos clientes auxilia no desenvolvimento do produto ou serviço oferecidos.
Comprometimento. O compromisso do profissional com os envolvidos no negócio (funcionários, clientes, fornecedores e parceiros) agrega valor e fortalece os laços corporativos.
ü  Entenda seu cliente
Não há como atendermos um cliente se não soubermos o que ele busca. Por isso, é importante que, em cada atendimento, você esteja consciente das motivações que levaram o cliente a entrar em contato. 
ü  Sinta prazer em servir
Recepção e equipe de profissionais devem ser uma   unidade transformadora dentro do espaço de beleza, onde os problemas e dúvidas são transformados em satisfação e fidelização. 
ü  Não abandone seu cliente
Acompanhe o cliente até que o problema seja resolvido.  Pode ser que o Espaço de Beleza esteja perdendo clientes pelo mau atendimento realizado.
Silvia Zanata

segunda-feira, 15 de outubro de 2018


O papel do Gestor
Nos últimos tempos, a Gestão de Pessoas vem ganhando espaço nas organizações, mudando o rumo da Administração, passando a valorizar as pessoas que trabalham nela. 
HUNTER (2004, p. 25), diz que “Liderança é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum”.
A preocupação das empresas com a motivação dos seus colaboradores é grande, porque é um fator que influencia diretamente a produtividade e, consequentemente o lucro. À frente disso está o líder, seja ele um gerente, um coordenador, enfim, seja qual for o cargo de liderança que ele ocupar.
Seu papel é de extrema importância e sua função é estratégica, para que os objetivos organizacionais sejam atingidos. Assumir um cargo de liderança, não é tarefa fácil; exige muita competência e muita dedicação, pois as pressões por resultados são grandes. E para atingir esse resultado, depende muito de todos os integrantes. Por isso gestor, saiba motivar sua equipe e encontre uma forma de utilizar não apenas o bônus financeiro, claro importante, mas faça algo que demonstre a pensar de forma diferente. Dê autonomia para os colaboradores explorarem sua criatividade e iniciativa. Ninguém melhor do que sua equipe para conhecer o cliente potencial que frequenta seu espaço.
Enxergue quais são os pontos fortes de cada um e explore seu potencial. Talvez algumas pessoas estejam desempenhando funções que tenham menos habilidade, e que poderiam ser mais prosperas em outras. Faça um diagnóstico da sua equipe, e analise profundamente cada integrante, você certamente irá se surpreender.
A cada ação ou resultado alcançado faça uma reunião e incentive a todos participarem. Demonstre a todos que o esforço vem da equipe como um todo.  Pense nisso.
Silvia Zanata